Infinitivo

Infinitos
somos na rebeldia.
No voltar dos olhos.
Na agonia.
Somos infinitos
no instintivo.
Na lógica
e na discórdia.
Infinito se é
no indeterminado.
Onde nada couber
No revés do fardo.
Infinitos são
na reescritura
Na outra opção:
em ser obscura.
Infinitas
as entrelinhas
de onde as letras
não são minhas.

(outubro de 2004)

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s