Arquivo do mês: fevereiro 2014

Chau número tres

Te dejo con tu vida tu trabajo tu gente con tus puestas de sol y tus amaneceres. Sembrando tu confianza te dejo junto al mundo derrotando imposibles segura sin seguro. Te dejo frente al mar descifrándote sola sin mi pregunta … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Carta insular

A beleza do abstrato não está na evitação do real mas no aproximar da fantasia O entreposto do sensível e o imaginável A alegoria da cura O impulso que origina o palpável As formas das sombras: claras e escuras As … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário